Home » Vem cá conhecer um pouco mais sobre a cadeia de alimentos
indice-sustentabilidade-raizs

Vem cá conhecer um pouco mais sobre a cadeia de alimentos

Todo dia, cerca de 41 toneladas de alimentos são desperdiçados no Brasil de acordo com o World Resources Institute. Isso coloca o Brasil entre os 10 principais países em desperdício de alimentos no mundo. Quando você desperdiça o seu alimento, desperdiça também os recursos que foram necessários para produzi-lo (pense só: água, tempo, trabalho), além de jogar no lixo o seu tão suado dinheirinho!

Dicas para evitar o desperdício:

  • Faça uma lista de compras antes de ir ao mercado para não correr o risco de levar o que não precisa
  •  Não faça mercado com fome para não exagerar nas quantidades e ceder às tentações
  • Composte os seus alimentos orgânicos e adote o uso integral dos ingredientes como, por exemplo, aproveitar a rama da cenoura na salada ou no arroz ou usar a casca do abacaxi orgânico para fazer um cházinho. No nosso instagram ou blog há mais dicas de aproveitamento integral.

CONHECIMENTO ALIMENTAR

Conhecimento é poder principalmente quando se trata de sustentabilidade e alimentação. Quanto mais você souber sobre a comida que come – desde os ingredientes e quem produziu até o modo de produção – mais fácil será tomar decisões que ajudem a melhorar a sua saúde e a saúde do planeta.

Reflexões sobre o tema: 

  • Você sabe de onde vem e quem produziu o seu alimento?
  • Você lê os rótulos dos alimentos e procura se informar sobre os químicos contidos neles?
  • Você busca conhecer os benefícios nutricionais de tudo que coloca no seu prato?

PRODUÇÃO LOCAL E SAZONAL

Quando você compra alimentos produzidos localmente, você apoia os pequenos produtores da sua região e suas comunidades. Alimentos sazonais costumam ser mais baratos que alimentos fora da estação, além de serem muito mais saborosos.

Dicas para apoiar a produção local e sazonal:

  • Na Raízs, parte do lucro é revertido para o Fundo do Pequeno Produtor, gerido inteiramente pelos pequenos produtores parceiros que decidem, coletivamente, o melhor uso do dinheiro
  • Conheça as histórias de algumas das nossas famílias produtoras aqui (link blog: https://blog.raizs.com.br/category/da-nossa-familia-para-a-sua/)
  • Consulte no nosso blog (https://blog.raizs.com.br/) os alimentos da estação e dê preferência a eles nas suas compras.

BEM-ESTAR ANIMAL

Algumas pessoas comem carne, outras não. É uma escolha pessoal. Não importa qual seja a sua, é fundamental levar em consideração: se os animais são cuidados humanamente e vivem em condições sanitárias dignas, qual o impacto da atividade de cria e abate no meio-ambiente, nas comunidades, no emocional dos trabalhadores e na saúde pública. Dicas de bem-estar animal:

  • Compre de criadores que defendam publicamente o bem-estar animal ao certificar suas produções. Na Raízs, todos os nossos fornecedores são comprometidos com a causa animal
  • Procure saber em que condições os animais são criados, se recebem hormônios, antibióticos, promotores de crescimento ou se há injeção de proteína ou sódio 
  • Se puder, reduza o consumo. Humanos não precisam comer carnes todos os dias.